Google + DA CAMA DE MOLA PARA ESCLEROSE MÚLTIPLA ~ A VIDA COM ESCLEROSE MÚLTIPLA

Youtube

14 de ago de 2009

DA CAMA DE MOLA PARA ESCLEROSE MÚLTIPLA


Olá pessoal, tudo bem? Fiquei pensando que por ser sexta-feira quero colocar um assunto aqui bem leve, e resolvi falar de uma coisa que estamos cansados de saber mas muitas vezes não fazemos, exercício físico. Vou escrever sobre o que eu voltei a fazer, e estou adorando! Além de ter sido recomendação médica, eu já percebi muita mudança em mim.

Estou falando do Pilates, tenho uma dor no joelho e em algumas articulações, que com apenas 3 sessões já melhorou bastante. E a postura então? Acho que como tive que passar por muita coisa, me "fechei" para o mundo, fechei literalmente e fiquei com aquele ombro fechado. Já me sinto melhor com isso também!

Durante a sessão são realizados vários exercícios, alguns que antes de fazer, já digo: "nossa, esse eu não vou conseguir fazer"! É, eu sou mole mesmo! Quando vejo já estou fazendo, quase terminando e ainda recebo parabéns e incentivo!
Bom, então vamos conhecer o Método Pilates. É um trabalho que se baseia em exercícios de força e mobilidade utilizando para tal técnicas e exercícios específicos. Este método permite desenvolver nos seus praticantes uma maior tomada de consciência corporal através, sobretudo, dos seus princípios: Concentração, Respiração, Controle, Precisão, Fluidez de Movimento, Isolamento e Rotina.

Em todos estes princípios reside uma base comum: a especificidade de cada ser humano numa dimensão biopsicosocial, a capacidade desta modalidade de se adaptar e se direcionar às diferentes características de cada praticante.
Neste sentido, são inúmeros os estudos e os profissionais de saúde que associam a sua prática a inúmeros benefícios, concretamente ao nível da prevenção e tratamento de algumas patologias (como por exemplo os problemas de próstata, a incontinência urinária, entre outros), melhoria do equilíbrio, dos níveis de atenção e de concentração, da coordenação neuromotora, da mobilidade articular, da redução de dores da coluna, melhoria do sistema imunológico e do sistema linfático, aumento dos níveis de conhecimento de si próprio.

Importante ainda salientar que o pilates assume um importante papel ao nível do sistema nervoso central. Através do sistema nervoso central conseguimos captar sinais do mundo exterior – podemos ouvir, ver, cheirar, saborear e sentir. O sistema nervoso central também coordena todas as nossas atividades conscientes e inconscientes – como andar, falar, pensar, recordar e realizar ações reflexas que acontecem sem pensarmos nelas.

Um exemplo de uma patologia associada a uma disfunção ao nível do sistema nervoso central, é a Esclerose Múltipla. Será neste sentido, e tendo em conta todos os princípios e metodologias utilizadas pelo método pilates, que podemos considerar a sua prática uma importante fonte de estímulo do nosso e do vosso bem-estar global.
FONTE:

Sobre os exercícios vou colocar sabadão! Amanhã, senão fica muito extenso o post! O importante é que a sessão de exercícios seja elaborada pelo fisioterapeuta.

Vale a pena experimentar, aqueles que são sedentários vão adorar, pois é lento e relaxante, e quando você percebe já trabalhou várias partes do corpo.

Bom gente, deixa eu ir que vou ajudar o Baby com o nosso jantar especial, fiz a minha carne que ele estava louco de vontade!! Hummm!!!!

Ótima sexta a noite a todos e até amanhã!

Beijinhos

0 comentários :

Postar um comentário

Qualidade Vivida

Qualidade Vivida
Qualidade Vivida