Google + VIAJANDO NA RESSONÂNCIA MAGNÉTICA ~ A VIDA COM ESCLEROSE MÚLTIPLA

Youtube

19 de fev de 2014

VIAJANDO NA RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

Oi gente tudo bem? Comigo tudo certinho. 
 Nesses últimos dias estive preparando os exames pra levar pro meu doutorzinho em São Paulo. No meio do ano passado ele me enviou um pedido de exames de sangue e ressonâncias e escreveu: “Fabiana se você estiver bem não precisamos refazer a RM pois você fez em janeiro de 2013.” Meu Deus porque eu não apaguei esse pequeno recado? A Unimed São Carlos demorou uma semana pra entender e poder liberar os exames, mas isso não foi o pior, o estresse foi mesmo na semana passada que ao chegar na clínica em Ribeirão Preto a atendente constatou que os exames foram autorizados errados. Afffff como assim? Uma semana de enrolação e autorizaram 4 exames nada a ver, uma tomografia de sei lá o que com mais não sei o que lá...humpf
Eu fiquei extremamente nervosa com a situação, mas a moça foi muito gente boa me tranquilizou e me mandou aguardar, entrei pra fazer o exame e o moço disse que ia começar pelo crânio aí trocava pra coluna cervical, daí dava o contraste e depois voltava no crânio. Confesso que estranhei, sempre fiz o contrário acredito que a ordem não deve influenciar em nada mas achei os sons meio esquisitos sei lá.
Bom já lá dentro daquela cápsula ao som estridente de toques diferenciados pensei muito nas minhas sobrinhas, lembrei de cada brincadeira, cada gargalhada gostosa, broncas que recebo delas, fiquei visualizando o rostinho de cada uma em minha mente.  Recordei a primeira vez que vi a tão bela Torre Eiffel, conheci Montpellier minha cidade natal e de repente aquele som entrou na minha cabeça e fiquei viajando, esse parece alguém descendo da escada, esse alguém martelando, esse uma metralhadora e esse que mexe a mesa? O que pode ser? Na hora do contraste é o momento que eu mentalizo e peço que não é pra dar sinal nenhum.....rs
 Fiquei lá 2 horas e pensei será que vocês ficam viajando forte assim como eu? Eu sei que estamos acostumados e já perdi as contas de quantas fiz, mas cada uma é muito diferente da outra e eu fico “babando” por essa tecnologia até hoje.
Pra quem se interessar achei muito interessante essa leitura http://saude.hsw.uol.com.br/ressonancia-magnetica.htm

Bom queridos contei tudo isso só pra saber de vocês o que passa pela cabeça enquanto estão realizando essas ressonâncias?
Vou ficando por aqui, volto depois da minha consulta com o meu doutorzinho estou até com saudades....

Mil beijinhos e até a próxima...

4 comentários :

  1. Fabi....essa tal Cápsula, faz com que a gente reflita...fique com medo, acha que esta em uma "boate", enfim....Aqueles sons fazem com que nossa cabeça viaje mesmo!E na hora chata do contraste ..hum...nessa hora...para tudo!Nenhum neurônio se mova!kkkk A gente ri, mas eita fase!Ainda que existem essas "benditas" maquinas modernas para nos auxiliar....

    ResponderExcluir
  2. Oi Juliane, é isso mesmo ainda bem que elas estão aí pra nos ajudar!!!
    Obrigada pela sua contribuição!!!
    Beijocas
    Fabi

    ResponderExcluir
  3. oi boa noite gostei muito da sua historia e gostaria de usa-la como um depoimento para finalização de um trabalho meu de faculdade, estudo enfermagem, e me foi proposto o assunto sobre a EM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jessica, que bom que gostou! Mas o que seria exatamente o seu objetivo com esse texto sobre minha imaginação durante o exame de ressonância magnética? Com que irá te ajudar? E sobre o que é o seu trabalho especificamente?
      Fiquei muito interessada!
      Bjos

      Excluir

Qualidade Vivida

Qualidade Vivida
Qualidade Vivida