Google + A VIDA EM COR DE ROSA ~ A VIDA COM ESCLEROSE MÚLTIPLA

Youtube

16 de out de 2013

A VIDA EM COR DE ROSA


Oi gente tudo bem? Estou aqui hoje para divulgar uma campanha muito importante que está sendo movimentada aqui em São Carlos com o objetivo de informar sobre a prevenção do câncer de mama. 
PENSE ROSA é o nome da campanha que estabelece no mês de outubro, mês mundialmente dedicado à prevenção e combate ao câncer de mama junto ao Instituto de Compromisso ao Desenvolvimento Humano (ICDH). 
Na cidade a programação visa conscientizar a população em relação ao diagnóstico precoce e a importância da mamografia anual a partir dos 40 anos.
A programação está dividida entre decorar as vitrines das lojas e dos prédios públicos, palestras com médicos da cidade, uma caminhada para sensibilização e encerra com um desfile de modas realizado pelas integrantes do grupo GAICAN (curso de apoio interdisciplinar de câncer de mama).
Para participar da caminhada precisa levar um pacote de absorvente ou fralda geriátrica para trocar por seu Abadá Rosa. A caminhada será realizada no dia 19 as 09hs sai da Estação Ferroviária e vai até a Praça do Mercado.
Vamos fazer a nossa parte pessoal!!!

Para obter mais informações sobre a programação é só entrar  no site:
 http://www.academiafitmulher.com.br/produto_interno_detalhe.php?id=526


Beijinhos e até mais...

2 comentários :

  1. Tenho esclerose múltipla a dois anos e agora fui diagnosticada com câncer de mama invasivo. Estou aguardando para fazer a mastectomia bilateral daqui a 15 dias e cabe ressaltar que só tenho 32 anos. Descobri o nódulo em um auto-exame e, após a mamografia que não identificou nada pela mama ser muito densa devido a minha idade, fiz um ultrasson onde encontrei algo suspeito e corri atrás do diagnóstico certo com biopsia e ressonância. Câncer de mama não é mais sinônimo de morte se você agir rápido. Os índices de cura aumentam e a necessidade de mastectomia diminui se for descoberto ainda no início. Não escapei da mastectomia, pois meu tipo é mais grave. Não sei se aprendi com a esclerose, mas tenho visto o câncer como algo com grandes chances de cura e a mastectomia como minha salvação, não como mutilação ou algo assim, ainda mais que a reconstrução já é feita na mesma hora da retirada da mama. Sei que não vai ficar igual e que haverão cicatrizes e retirada de um mamilo, mas isto serão marcas de minha luta pela vida e, com certeza, tem válido muito a pena lutar.
    Não deixem de fazer o auto-exame, independente da idade, e procurem um médico se algo estiver estranho.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo seu relato, e desejo felicidades no seu tratamento!!!
    Beijos

    ResponderExcluir

Qualidade Vivida

Qualidade Vivida
Qualidade Vivida