Google + ME DESLIGANDO UM POUCO ~ A VIDA COM ESCLEROSE MÚLTIPLA

Youtube

17 de nov de 2010

ME DESLIGANDO UM POUCO

Oi gente tudo bem??? Eu estou muito melhor, a semana passada fechei com chave de ouro. Depois do ultrassom do rim que foi bem chato, fiquei bem tensa com toda essa história. Vou contar tudinho para vocês.
  Na consulta de sexta, o que me preocupou foi um cisto que apareceu no meu rim esquerdo, isso mesmo, o direito é que é bem pequenininho, e quase não tem função. Mas, por isso mesmo que o esquerdo é maior que o normal, pois compensa o outro em tamanho e em função.
Em relação ao cisto, o médico disse que é um tipo de cisto comum em 40 % da população e do mais simples, que nada influencia na função renal e que só precisamos a cada ano refazer o ultrassom para acompanhá-lo. Mas o doutor disse que eu não precisava me preocupar com isso, já que já tenho "pouca coisa" com que me preocupar. Confesso a vocês que fiquei super aliviada.
A respeito do antinflamatório, ele disse que faz muito mal a qualquer pessoa, então pra continuar evitando mas, se caso precisar mesmo, estou apta a tomar sem problemas, porém evitar fazer uso de contraste de tumografia e outros exames que são iodados, que faz muito mal ao rim.
Depois de tudo explicado começamos a conversar sobre a esclerose múltipla, e ele me disse que tem alguns pacientes com EM e que na opinião dele essa doença é muito complicada para encontrar o diagnóstico e por estar se tornando cada vez mais comum em nossa sociedade, é quase uma obrigação dos médicos  de algumas áreas terem um mínimo de conhecimento a respeito dela.
"Porque uma paciente aparece aqui com infecção de urina de repetição, me diz que já passou pelo oftalmo porque enxerga esquisito, ainda vai no ortopedista porque sente isso ou aquilo." Bom o que ele quis dizer, é que se cada um deles investigasse um pouco mais, juntava as peças como se fosse um quebra cabeça. Encaminharia para o colega neurologista!
Quando contei a ele que aqui em São Carlos foi muito difícil encontrar um médico que conhece a EM, ele se assustou, foram poucos que mostraram algum conhecimento mesmo na área da neurologia. Foi quando ele me recomendou a Dra. Roberta Zago Lorenzato, que foi a médica que o pessoal lá da Associação de Ribeirão (AREMP) me recomendou também e eu há alguns meses havia ido.
Ela é ótima, super atenciosa, preocupada, e muito interessada na nossa companheira diária a esclerose múltipla. Além de me apoiar nas minhas burocracias, se eu precisar poderei contar com ela e ainda conversamos a respeito da nossa Associação, e ela se mostrou super interessada e deu a maior força.
Com os médicos que comento que tenho esse projeto da Associação, me dão a maior força e se oferecem sempre a ajudar. O Dr. Ivan Carlo Manjano Linjardi, que é o urologista que falei até agora me incentivou dizendo que precisamos divulgar a EM para a população em geral, o que a gente sempre diz aqui não é mesmo? 
Depois do papão que tive com o médico, achei melhor respirar fundo, curtir a sexta-feira já que estava tudo bem, pensei "vamos ver se agora não diminui o meu fomigamento!" e não é que nesse dia nem uma formiguinha, relaxei e aproveitei para desligar um pouco esse fim de semana, muitos filmes e músicas o que adooooro!!!!
Mas hoje já percebi que meu período menstrual tá desregulado, o que pode dar esses formigamentos (talvez ?) e hoje formiguei!

Bom gente, acho que é isso por hoje!!!!
Mais uma vez brigadão pelos emails e comentários!!!
Muitos beijinhos e até a próxima...

2 comentários :

  1. Oi eu sou portadora dá em e tem uns dias que estou com dificuldade pra urinar e está me incomodando horrores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna, você já procurou fazer um exame de urina? Infecção urinária é comum na EM também.
      Procure um médico e peça o exame com urocultura e antibiograma.

      Muita boa sorte! Mande notícias !
      Bjs
      Fabi

      Excluir

Qualidade Vivida

Qualidade Vivida
Qualidade Vivida