Google + O PRIMEIRO DIA EM PARIS ~ A VIDA COM ESCLEROSE MÚLTIPLA

Youtube

9 de jun de 2010

O PRIMEIRO DIA EM PARIS

Olá pessoal tudo bem com vocês? Eu estou ótima, correndo atrás "do prejuízo", afinal fiquei fora do ar por quase 20 dias.

Bom gente, hoje vou falar do primeiro dia em Paris!
Acordamos cedo e tomamos nosso "le petit déjeuner" com muito croissants ainda no hotel ao som da minha francesa querida Edith Piaf. Inacreditável eu sei, nem preciso dizer que amei e já me emocionei!
Bom, nos orientamos com a funcionária do hotel que resumiu os pontos turísticos perto de onde estávamos e disse: "C´est Paris!".
Gente olhei pra cara do Baby com aquele olhar de inconformada e disse: "Como assim? Resumiu Paris em 5 pontos turísticos e diz isso? Paris é muito mais que pontos turísticos, será que ela não sabe?
Claro que ela fez o papel dela orientando a gente "turista", mas quem disse que era isso que eu esperava de Paris? Turismo? E completou "Dix minutes pour voir la tour!" E fomos nós, andando pelas ruas de Paris naquele friozinho gostoso até o "Champ de Mars" (Campo de Marte) que é uma das maiores áreas verdes em Paris, está no 7°eme na "Île de la cité".
*Para entender melhor "Paris foi construída à margens do rio Sena, num ponto chamado "Île de la Cité" (local onde o rio se divide, formando uma pequena ilha).
A partir deste ponto, o movimento de expansão foi sendo feito sob forma de caracol – o que deu origem aos "arrondissements", uma palavra que vem de "arrondi", roliço, arredondado.
Pois é, assim é dividida nossa bela Paris e o Campo está entre a Torre Eiffel e a Escola Militar. Enquanto andávamos a gente tirava foto de tudo, daquela arquitetura maravilhosa nos prédios cheios de charme. Andamos bastante até avistarmos a Escola Militar, que é um prédio lindo fundado por Luis XV em 1750, com o objetivo de treinar oficiais vindos de famílas pobres, foi aberto em 1760 e reorganizado pelo Conde St- Germain em 1777 que aceitou o jovem Napoleão Bonaparte que se formou não em 2 anos como era frequente mais em apenas um ano. O grande estrategista da França!!!
Continuando a nossa caminhada de repente viramos uma rua e ela estava lá, deslumbrante, magnífica, grandiosa e bela. Isso mesmo ferros retorcidos belíssimos, não é um monumento e sim uma obra de arte. O dia estava ensolarado com o céu azulzinho, um presente de Dieu.
 Foi o lugar mais lindo que já fui, o verde da grama e das árvores do Campo de Marte termina quando chegamos na Torre Eiffel.
Logo que a vi meus olhos se encheram de lágrimas e me emocionei muito com toda aquela beleza, pensando que eu estive lá naquele mesmo lugar há 34 anos atrás com minha maman e meu papa, aí sim as lágrimas escorreram pelo meu rosto. Eu e o Baby tiramos milhões de fotos e eu fiz várias poses até chegar do outro lado da torre onde encontramos lindas flores num singelo jardim.
Continuamos nosso passeio caminhando até o Trocadéro que foi um palácio de exposições(Ancien Palais du Trocadéro) existente no 16º arrondissement de Paris e hoje Palais de Chaillot que também abriga exposições. Tem um jardim lindíssimo com flores roxas por todos os lados, na grama flores brancas que nos remete uma profunda paz. Foi onde eu e o Baby sentamos para descansar um pouquinho, um lugar "parfait" para isso.
Andando mais um pouco nos deparamos com um moço dançando Michael Jackson em plena Paris e ganhando muitos aplausos, lá mesmo encontrei numa barraquinha de souvenirs a minha primeira boina francesa, acessório que adoro.
Bom, depois dessa andança toda, paramos num Café muito charmoso como deve ser em toda a Europa, pois é bem europeu o que sugere, enfim para almoçar um delicioso vinho Rosé para acompanhar.
Acabamos o "le déjeuner" e fomos mandar postais para amigos e família e continuamos nossa caminhada até chegar no "les Invalides", hotel ou palácio dos inválidos, criado por Luis XIV no século XVII para abrigar os soldados feridos, até hoje acolhe os ínvalidos mas além disso é uma necrópole militar (cidade dos mortos) e sede de vários museus. É onde está guardado o túmulo de Napoleão além de ter sua cúpula dourada como referência da paisagem parisiense.
E lá chegamos no momento que estava saindo uma tropa de soldados vestidos a caráter como na época da monarquia tocando tambores, acredito que estavam fazendo uma homenagem e foi muito legal ver a encenação e ainda na saída garanti até umas fotos.
Entramos e vimos o museu da artilharia onde estão peças de guerras espalhadas pelo saguão até chegar no pátio de honra onde está a estátua de Napoleão Bonaparte, depois entramos nas duas igrejas a Église de Saint-Louis e a Église du Dôme, onde está o sarcófago de Napoleão numa cripta circular que está abaixo de nós por isso temos que nos arquear para vê-lo e isso é proposital para que todos se encurvem diante de Napoleão, claro "sugerido" pelo próprio.
Uma coisa que nos impressionou muito além da beleza do lugar é o interesse de todos para ver o local onde Napoleão descansa, ele está rodeado pelos túmulos dos generais do Império Duroc e Bertrand.
Uma cena que eu e o Baby nunca esqueceremos foi a alegria de um menininho nos seus 6, 7 anos de idade vendo o lugar pela primeira vez, numa alegria interminável falando em voz alta: "Papa, Le tombeau de Napoleon, le tombeau de Napoleon!" Imaginem o que passou pela cabeça dele, foi o que pensei na hora. A história da França e seu herói, Napoleão Bonaparte!
A Dôme é deslumbrante e tem um clima de heroísmo mesmo, você sai dali com pesar mas com orgulho daqueles homens que deram sua vida pela França.
Mesmo cansados nos arriscamos a conhecer o Museu do Exército, que comporta troféus e objetos da vida cotidiana dos soldados, mas infelizmente não conseguimos vê-lo inteiro, só ficamos na primeira Guerra Mundial pois o museu estava encerrando suas atividades e pediram que nós nos retirássemos.
Confesso que eu não me importei muito apesar do qão interessante estava, mas eu já estava muito cansada!!
Então eu e o Baby pegamos o metrô e voltamos ao hotel exaustos e descansamos!!! O passeio foi muito proveitoso e gostoso, muita emoção o tempo todo!!!


Pessoal esse foi o nosso primeiro dia em Paris!!!
Mil beijinhos e até a próxima....


FONTE: http://pt.wikipedia.org/wiki/H%C3%B4tel_des_Invalides

3 comentários :

  1. ai que delícia a sua viagem.. Paris.. o lugar mais romântico do mundo!!! aproveite e se divirta bastante e quando voltar passe no meu blog p/ me fazer uma visitinha tá!!
    beijocas

    sermulhereomaximo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Que sua viagem seja cheia de felicidades!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Olá Fabiana, espero que a tua viagem decorra dentro da maior normalidade e que sejas muito feliz nesta estadia na Europa e nessa cidade linda que é Paris. Espreitei o teu blog por circunstâncias que nos são comuns(EM). Gostei da forma descomplexada e otimista como falas da situação e que no meu entender é de fato a melhor forma de lidar com a doença. Faço o mesmo...
    Depois de uma fase inicial bastante conturbada e vários tratamentos diversificados, cheguei ao propalado Natalizumab e estou bem melhor( esqueço a possibilidade da Fatídica LMP). Estou bem mais perto de Paris do que normalmente te encontras. Moro em Lisboa. Desejo umas boas férias. Um beijo.

    ResponderExcluir

Qualidade Vivida

Qualidade Vivida
Qualidade Vivida