Google + ESCLEROSE MÚLTIPLA E MULHER ~ A VIDA COM ESCLEROSE MÚLTIPLA

Youtube

27 de jan de 2010

ESCLEROSE MÚLTIPLA E MULHER



Oi gente, tudo bem? Eu estou bem melhor, acabei a cartela daquele cerazette e começou a descer de verdade minha monstruação. Mesmo sentindo os sintomas da esclerose múltipla aflorados como os formigamentos, tontura e fadiga estou bem melhor depois que ela começou a descer.

Hoje fui conversar com a ginecologista minha amiga, e ela na mesma hora que viu meu rosto e testa cheio de espinhas já disse "nossa o cerazette não fez bem pra você mesmo, me conta tudo." E eu comecei a relatar tudo que havia sentindo nesses dois meses. Aí ela conversou bastante comigo e me pediu vários exames de rotina. Ela me perguntou se eu achava melhor menstruar do que barrar a menstruação. E eu disse que sim, prefiro menstruar, porque até hoje não consegui tomar nada que realmente barre a menstruação. Então ela perguntou se eu fico bem sem anticoncepcional e eu logo respondi que não, já respondendo para minha amiga Maira, infelizmente o meu fluxo é violento o que me deixa muito debilitada e com a esclerose múltipla me sinto pior ainda. Já fiz esse teste, e foi horrível, senti tanta tontura que não consegui sair da cama, liguei pro meu doutorzinho e quando contei a ele que estava menstruada ele perguntou como era o meu fluxo e eu respondi que era intenso. Então ele perguntou se eu estava tomando remédio, ou melhor,anticoncepcional e eu como estava querendo parar, parei de tomar por conta própria, então disse a ele que não. Ele do outro lado da linha disse "ah, se seu fluxo é forte assim, você tem que tomar anticoncepcional, porque você perde muitas proteínas, perde ferro na menstruação então você fica realmente mais fraca e no seu caso com a esclerose múltipla vai sentir mais fadiga e passar mal mesmo, então não fique sem tomar se não quiser ter nenê."
E foi só voltar o remedinho e ficou tudo bem. Isso foi bem antes do blog acho que em 2008, por isso não tinha contado isso aqui.
Voltando na consulta, ela então disse que seria melhor acertar um anticoncepcional que não causasse tanta reação, e eu disse a ela que gostei do Belara que não me causava nada, apenas parei porque tava dando escape e ela sugeriu continuar com ele e ver as imagens nos exames se continuam do mesmo jeito. Acabando a primeira cartela preciso fazer ultra-transvaginal, colher sangue e ultrason de mama. Mesmo que no exame clínico ela não sentiu nada, me pediu para fazer para a gente controlar afinal daqui a pouquinho já chego na casa dos 34.......humpf
O tempo voa não é?

Gente esse assunto de menstruação e esclerose múltipla vocês já comentaram com os seus médicos, eu já ouvi do meu que não existe nada em literatura que especifique a exacerbação dos sintomas nesse período, mas aqui mesmo quando falamos desse assunto várias falaram que se sentem mal. Então porque será que ninguém quer descobrir esse mistério? Porque acho tudo isso um mistério, que causa muita curiosidade além da necessidade.
Mas que a mulher é um bicho estranho e uma coisa esquisita temos que concordar, mas somos únicas.
Esses dias falei pro me pai "olha pai se tem uma coisa que o pai nunca vai saber é isso, como é uma menstruação, o pai pode ser mais velho, mais sábio, mais culto, ter quatro mulheres de TPM embaixo do mesmo teto (o que o torna mais admirável ainda, porque a gente sabe que não é nada fácil e foi muito tempo assim) mas nunca vai saber o que é sentir uma TPM e é horrível!!!
Algumas mulheres devem estar pensando que exagero, e espero que você que está lendo isso, minha querida leitora, ache isso mesmo porque quer dizer que você não sofre tanto. Ótimo, porque morro de inveja(boa) de você!!! Desde dos meus onze anos que sofro desse mal da natureza.....hehehehehe
Agora exagerei né? rs

Gostaria de agradecer imensamente a recomendação do blog "Minha Vida com a Esclerose Múltipla" feita pela querida amiga Vera que tem um blog maravilhoso que trata de vários assuntos visando sempre o que há de melhor para os portadores de deficiência. Confiram o Deficiente Ciente.


É excelente!!!

Vou deixando vocês por aqui hoje.

Mil beijinhos e até a próxima!!!

7 comentários :

  1. Querida Fabiana, que bom que seus médicos são tão sensatos! Acho que cada mulher deve sempre se conectar ao próprio corpo e conhecê-lo cada vez melhor, afinal de contas, é ele que carrega todo esse segredo e mistério da vida. E acho que é isto que vc tem feito.
    Sei bem o que é uma TPM e mesntruação! Mas não sei nada sobre o que é ter EM, mas como já opinei aqui, acho que seus ciclos tmbm são influenciados por ela, ou vice-versa. Enfim, acho que cada uma de nós deve encontrar o caminho que é melhor para si, onde o certo e o errado não cabem, entende?
    Tenho certeza que o trabalho que vc mantém aqui é muito importante para várias pessoas (até pra mim, que não tenho EM!). É um trabalho de concientização, mas mais do que isso, é um trabalho humano, de um para outros, de amor por si mesmo. Você sempre me emociona...
    Sua fã, Maíra.

    ResponderExcluir
  2. Maíra querida, você que sempre me emociona com essa força que você transmite com suas lindas palavras. Não sei nem como agradecer, mas a adoração é recíproca, sou sua fã também!
    Amo ler tudo que você escreve inclusive os seus comentários! Espero sempre ter você aqui comigo!
    Sua já considerada amiga Fabí

    ResponderExcluir
  3. Meu nome roberta e tambem sou portadora de esclerose multipla ha 6 anos e tenho dificuldades de encontrar um anticncepcional tambem pois minha regra e muito forte sinto me fraca nas metruacoes como a fabi falou tambem piora quando deixo de tomar o anticoncepcional eu gostaria muito de saber um nome de um anticoncepcional para !

    ResponderExcluir
  4. Oi Querida, me chamo Elisangela, tenho 41 anos 2 filhos e fui diagnosticada com EM, em agosto de 2010...tive 2 surtos de dormencia, e fiz aqueles exames horroros,desde entao escolhi nao tomar os medicamentos oferecidos pelo governo, faco apenas tratamento ortomolecular, nao como nenhum acucar e nenhuma gordura, tomo vitaminas, e ferro+vit.C manipulados juntos, porque as dencas doencas auto imunes consomem nosso ferro e por isso ficamos sempre cansadas, e exaustas, minha ferretina ja chegou a 5,0 antes do tratamento, mas agora estou super bem, nunca mais senti cansaco, dor nem nada...se quiser trocar experiencias...meu email: elisangelaschumacher@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, boa tarde. Tenho 35 anos, casada e 1 filha linda de 1 ano e 7 meses. Tive parto normal. Fui diagnosticada com EM há 5, 6 meses e tomo o remédio COPAXONE cedido pelo Governo. Ainda bem, porque ele custa a bagatela de R$ 7.000,00. Fiz exames recentemente e minhas lesões diminuíram e algumas até sumiram. Comecei a fazer Yoga, Meditação na Arte de Viver e voltei a nadar. Não estou ainda firme e disciplinada porque realmente me canso muito. Vivo com fadiga e com uma filha pequena e trabalhando o dia inteiro, não é fácil. Mas, vamos lá! Ontem fui no ginecologista, porque sinceramente desde que minha filha nasceu eu não tinha ído e como descobri a EM recentemente, nem minha médica sabia que eu tinha. E soube ontem que pílula para quem tem EM não é bom. Aconselhou a colocar implante no útero ou no braço. Alguém tem? O que acham?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá seja bem vinda!
      Parabéns pela princesa mesmo sem ser mãe sei que não é fácil, só de ser tia já sinto isso.....rsrsrs
      Olha nunca ouvi falar sobre isso e o meu neuro sabe que tomo pílula. Qual é o problema da pílula com a EM?

      Excluir
  6. Boa noite, meu nome é Eliana, sou portadora de EM há 15 anos, uso o copaxone fornecido pelo governo e dorene comprado rsrs não uso anticocepicional, meu ginecologista diz q ja uso medicações fortes e é melhor não usar hormônio, sugeriu por diu, mas prefiro camisinha, quem sabe um dia colocarei o diu.

    ResponderExcluir

Qualidade Vivida

Qualidade Vivida
Qualidade Vivida