Google + INVESTIGANDO A CAUSA ~ A VIDA COM ESCLEROSE MÚLTIPLA

Youtube

8 de ago de 2009

INVESTIGANDO A CAUSA




Olá a todos, espero que estejam bem. Aqui tá um 'Beautiful Day'! Venho aqui agradecer a audiência do Blog! Hehehehe
Mas agora continuando com o nosso objetivo, estive pensando naquela pergunta que tem como uma das mais difíceis respostas, porque tenho esclerose múltipla? Ou seja, a causa.
Bom, é um assunto muito delicado. Ainda se procura a causa da EM, mas conhecemos algumas hipóteses que estão sendo estudadas e aprofundadas. Mas pra que saber a causa de uma patologia que já se instalou e vive com a gente diariamente?
Os motivos são muitos, mas o que é mais importante para nós é o tratamento e com essa resposta podemos buscar um tratamento mais adequado para barrar a doença, ou até encontrar a cura.
A causa da esclerose múltipla ainda é desconhecida. Sabe-se que o paciente nasce com uma predisposição genética, a teoria mais aceita é de que ela resulta de ataques ao sistema nervoso central pelo próprio sistema imunológico do organismo, sendo uma doença auto-imune, ou seja, o sistema imunológico ataca as células do próprio organismo em vez de atacar os invasores estranhos. E alguns fatores ambientais podem influenciar, como é o caso da exposição solar, o tabagismo e alguns tipos de vírus. Toxinas, traumas, deficiências nutricionais e outros fatores que possam levar a destruição da mielina, também são possíveis causas. Vamos ver algumas dessas hipóteses que ainda são contravertidas na hora de explicar o que desencadeia a doença.


1- Luminosidade; estudos comprovam que fatores como luminosidade, está relacionada à incidência da esclerose múltipla. Assim, nos países do norte, onde a luminosidade é menor, a prevalência da esclerose múltipla é maior. O motivo, segundo os pesquisadores, é a falta de vitamina D3, acarretada pela baixa luminosidade. Esta vitamina funciona como um imunomodulador que inibe as células inflamatórias e protege as que seriam atacadas. Estudos indicam que até mesmo durante a gestação, a luminosidade traz influências para os bebês. “Há maior incidência da doença em pessoas que nasceram no verão e que tiveram boa parte da gestação em meses com menor luminosidade, explica Dr. Dagoberto Callegaro, neurologista, coordenador do Ambulatório de Esclerose Múltipla do Hospital das Clínicas, da USP.

2- fatores Genéticos: presença de um fator genético que seria responsável por uma ligação com a transmissão familiar da doença (antígenos de histocompatibilidade);

3- aspectos da Hipótese Virótica - atualmente estão sendo realizados estudos sobre o possível papel da Herpes Humana Vírus tipo 6 (HHV-6) na esclerose múltipla onde o vírus entraria no sistema nervoso central depois de uma infecção na infância (Roséola), e então, talvez em pessoas com predisposição genética, o vírus seria reativado na idade adulta, fazendo com que o sistema imunológico do indivíduo destrua a mielina do próprio corpo. No entanto, ainda não há evidências que o tratamento com agentes eficientes contra o HHV-6 terá um papel no tratamento da esclerose múltipla, porém ainda não se tem como certo de que seja este e não outro vírus que desencadeia a esclerose múltipla;

4- Aspectos da Hipótese Imunológica - uma anormalidade do sistema imunológico poderia permitir que determinados vírus, direta ou indiretamente, atuem como desencadeadores do processo desmielinizante. Contudo, uma vez que não há até o momento evidências conclusivas que assegurem a qualquer vírus um papel decisivo na causa da esclerose múltipla, esta deve ser considerada como doença causada por uma reação imunológica dirigida contra a mielina no sistema nervoso central.

5- Tabagismo- Pesquisas apontaram que o índice de manifestação da doença é maior nos fumantes. Nos homens a probabilidade é um pouco maior do que nas mulheres mas não deixa de existir.

Bom, pessoal algumas hipóteses da causa da EM coloquei aqui. Agora acho importante a gente saber a causa dos tão inesperados surtos.


As causas que predispõem ao surto geralmente estão ligadas a fatores psicológicos, os quais podem levar a um desgaste emocional e conseqüentemente a uma fadiga mais fácil que pode se dar ao mínimo esforço físico ao qual o paciente seja submetido.


Por isso gente, vamos relaxar e não nos cansar a toa!!! Ordens médicas!!! Hehehehe


Um ótimo domingo e para os papais um maravilhoso DIA DOS PAIS!!!
Beijos e até a próxima



FONTES:





2 comentários :

  1. Fabiana, você tem toda a razão! É preciso descansar quando se está cansado. Eu moro em Brasília e estamos na seca. É preciso beber água mesmo que vc não sinta sede... Entende?
    As pessoas estão tão loucas e voltadas para a correria do mundo externo, que raramente param e descansam. É preciso descansar sem estar com sede, pois quando sentimos a garganta apertada é porque nosso corpo já está sofrendo de desidratação. Percebe?
    Um grande a abraço e parabéns pelo seu blog, que não pára de crescer.
    Maíra.

    ResponderExcluir
  2. Oi Maíra, conheço bem esse período de seca daí, é difícil mesmo, temos que manter que evitar esforços né?
    Obrigada pela força viu! Fico muito feliz com a sua visita!
    Grande beijo

    ResponderExcluir

Qualidade Vivida

Qualidade Vivida
Qualidade Vivida