Google + E A CARRUAGEM SEGUE CAMINHO ~ A VIDA COM ESCLEROSE MÚLTIPLA

Youtube

11 de ago de 2009

E A CARRUAGEM SEGUE CAMINHO


Olá pessoal, tudo bem? Continuando o "andar da carruagem", depois dela pegar fogo e ser socorrida, precisa estar sempre em manutenção sendo supervisionada por um profissional especializado, ou seja, vamos ao tratamento para esclerose múltipla. Hehehe

Para falar desse assunto, tomei como base um projeto do colega do meu doutorzinho, Dr. Dagoberto Callegaro, que inicia seu trabalho falando que apesar da doença ser considerada auto-imune a resposta clínica aos imunossupressores tem sido desapontadora. O controle da doença obtido com essas drogas sempre foi insuficiente, apesar que alguns deles demonstrarem maior eficiência.

Os medicamentos utilizados são os chamados imunomoduladores, como o interferon beta que serve para diminuir a freqüência e severidade das recidivas e talvez da progressão da doença em pacientes ambulatoriais, portadores da forma “surto-remissão”. Tanto o interferon beta 1a como beta 1b diminuem a freqüência dos surtos.


A chegada do acetato de glatiramer representou uma terapêutica que veio complementar o conjunto dos imunomoduladores, sendo recomendado como medicamento também da primeira opção no tratamento da esclerose múltipla ou como substituto para casos de falha do interferon, seja por ausência de resposta clínica, seja por efeitos adversos dos mesmos. Ensaios clínicos descritos na literatura revelam um perfil de tolerância muito boa, sem evidências de alterações laboratoriais específicas ou efeitos clínicos adversos.


Esses são os medicamentos utilizados no caso de surto-remissão a forma clínica da doença, que é a maneira que ela se apresenta e é a forma mais comumente nos pacientes.


Bom pessoal, o importante é "a individualização do tratamento a critério do neurologista, e a necessidade de informação do paciente quanto aos potenciais benefícios e riscos das drogas, assim como do Consentimento Informado e compromisso de realização de controles periódicos."(BCTRIMS)


E claro, nunca deixar de fazer o tratamento certinho, e ajudar a carruagem seguir o seu caminho!!!



FONTES:



Beijinhos e até amanhã.


2 comentários :

  1. Oi Fabiana, alguns pontos em comum.
    1 - portadora da EM - que susto
    2 - manter o bom humor - nem sempre fácil
    3 - Tbm vou a Clinica SNC - Dr. Rogério (SP)
    4 - Tbm tenho um blog (Coisas e Sentimentos)
    Seus textos são ótimos e esclarecedores.
    Parabéns pra nós. Bjs e sejamos felizes

    ResponderExcluir
  2. Valeu Mari, muito bom saber que não estou só nessa luta diária!!!
    Bjs e sejamos mesmo muito felizes

    ResponderExcluir

Qualidade Vivida

Qualidade Vivida
Qualidade Vivida