Google + FORAM TANTAS EMOÇÕES BICHO ~ A VIDA COM ESCLEROSE MÚLTIPLA

Youtube

22 de nov de 2009

FORAM TANTAS EMOÇÕES BICHO


Oi gente, tudo bem? Como vocês devem imaginar eu estou um trapo! Ontem o dia foi de muitas emoções!
Já acordei com o telefone tocando para confirmar mais presenças no nosso encontro!
Minha mama foi pedir para aumentar os salgadinhos pois aumentou o número de pessoas e lá o moço já falou pra ela que me viu no jornal! Dessa vez "virei celebridade" ou "ET" como diz a Bia aqui em São Carlos, todo mundo viu a reportagem sobre o encontro e a minha fotinha que não era pra sair mas...
Bom gente, o encontro estava marcado para as 5 da tarde e junto com ele chegou uma forte chuva, o que pode ter causado a ausência de alguns convidados confirmados. Mas mesmo assim, o encontro foi ótimo. Conseguimos reunir mais de vinte pessoas, entre portadores, familiares e simpatizantes.
Conheci algumas das pessoas que apenas tinha conversado pelo telefone e outras que receberam a cartinha.
Começamos a reunião comigo relatando o meu tempo de EM, do diagnóstico, dos sintomas e das dificuldades enfrentadas, o que gerava comentários e participação dos convidados. Fiquei meia hora falando, aí entrou o Baby discutindo a importância dos serviços que podemos prestar se montarmos a associação e para finalizar entrou o Gustavo, meu amigo, professor e fisioterapeuta para falar da dificuldade dos profissionais da saúde numa área tão difícil como a EM e afirmar sua participação pela causa, oferecendo sua experiência profissional.
Depois formamos um círculo para as pessoas se apresentarem e falarem o que quiserem. Foi um momento muito importante, que infelizmente durou pouco(1hora) pois algumas pessoas tinham compromisso e a gente tinha que servir o coffee break senão ia sobrar muita coisa e as pessoas saíriam de lá com sede e fome.

Bom, mas até que deu tempo sufiente para nos emocionarmos e tentarmos ajudar aqueles que estavam mais necessitados. Como era o caso da Eva mãe de uma portadora que não pôde estar presente pois tem o tipo mais agressivo da doença, sempre está em surto e tem sequelas incapacitantes. E o caso da Alessandra, a mais nova companheira de EM, que descobriu há 2 meses e estava um pouco perdida com o começo, com dúvidas e medo das reações da injeção e das sensações loucas que a Esclerose Múltipla nos proporciona.
Além de ter sido ótimo rever minhas grandes amigas Andréa e Bia, junto do nosso amigo simpatizante Roberto.
Poder conversar com a Nanda que deu apoio desde o primeiro contato, rever a Ana que foi a primeira que conheci pessoalmente, a Cristina que diz ser uma exceção ao descobrir a doença depois dos 50.

Resumindo gente, o encontro foi um sucesso em seu objetivo, conseguimos reunir portadores e familiares para trocarmos figurinhas. Mesmo meus pais, nunca tinham conhecido ninguém com o mesmo problema, gostaram muito e ficaram orgulhosos da "filhinha". Minha irmã mais velha surpreendeu relatando sua opinião quando disse que é muito importante termos a associação aqui em nossa cidade e que só da gente estar ali já fazia uma diferença enorme.

E foi isso mesmo que todos sentimos, a grandeza de nos conhecermos e podermos nos ajudar, cada um contando a sua história e levantando suas necessidades.

Senti uma firmeza absoluta na idéia da associação, pessoas que nem queriam ir embora e outras que já perguntavam pelo próximo encontro. Algumas queriam saber "mas o que falta para abrir a associação?".
Foi uma empolgação grande ao vermos que não estamos só nessa batalha!

Eu particularmente, vou confessar aqui, que me senti muito, mas muito feliz em poder proporcionar aquele momento tão importante pra todos nós. Posso dizer que me senti amada, o olhar das pessoas pra mim era com aquele sorriso de agradecimento e ao partirem me agradeciam e me parabenizavam. "Mas eu ainda nem fiz nada", eu dizia. E eles já diziam "como nada? Olha o que você fez, reuniu as pessoas e elas estão super a vontade conversando umas com as outras, tentando ajudar!". E aí quando olhei no salão, foi isso mesmo que vi, uma que queria saber como é tomar a injeção, a outra que queria saber como o outro descobriu, a outra que queria uma ajuda para oferecer a filha e assim por diante. Na hora fiquei emocionada de ver que o primeiro passo foi dado com sucesso!

Quando saíram, todos ganharam um vasinho de violeta que a mama nos deu de presente. O que proporcionou beleza e alegria ao local, acredito que todos saíram com aquele gostinho de quero mais!!

Eu, papa, mama, Baby, Gú, Andréa e Roberto ficamos até o fim para juntarmos e separmos os lixos, reciclável e orgânico! Depois de recolhido Andreá e Roberto se despediram já marcando o nosso próximo encontro sábado em Ribeirão!

E nós quatro, papa, mama, eu e Baby fomos ao Show do Rei em Araraquara. Gente que show é esse? MARAVILHOSO, ESPETACULAR, no sentido que a palavra tem de espetáculo!
Foi realmente o show mais lindo que já vi, "que Roling Stones nada!". O Rei é realmente um Rei, no sentido de nos fazer rir e chorar com toda a paciência de um lorde, a cada rosa que beijava arrancava suspiro da platéia. E a voz? A orquestra? Eu posso dizer literalmente, "se chorei ou se sorri o importante é que emoções eu vivi!"!
E hoje posso completar "amigos eu ganhei, saudades eu senti partindo, as vezes eu deixei você me ver chorar sorrindo!"
Um assunto muito falado no encontro, já perceberam como a EM nos aproxima e quantos amigos nós temos hoje? Amigos de verdade, aqueles que oferecem ajuda mesmo estando longe, e que estão ao seu lado quando você mais precisa, aqueles que dividem suas angústias com você e mesmo assim ainda ouve as suas queixas, amigo é aquele "que tem o coração como uma casa de portas abertas" como diz o Rei Roberto Carlos!!
Beijinhos e até a próxima

2 comentários :

  1. Que bom Fabiana!
    Ótima semana para vc.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Fabi, foi maravilhoso e com certeza as sementes estão germinando...
    Obrigada
    Andréa

    ResponderExcluir

Qualidade Vivida

Qualidade Vivida
Qualidade Vivida